RPV, RPVS, Requisição de Pequeno Valor e Crédito Judicial!

Comparações abrangentes entre RPV, RPVS, Requisição de Pequeno Valor e Crédito Judicial. VEJA AGORA!

RPV, RPVS, Requisição de Pequeno Valor e Crédito Judicial!

O que você vai encontrar na leitura do artigo a seguir:

  • Introdução
  • RPV e RPVS:
  • Requisição de Pequeno Valor:
  • Crédito Judicial:
  • Resumindo:
  • O que RPV, RPVS, Requisição de Pequeno Valor e Crédito Judicial têm em comum:
  • Por fim:
  • Os valores de RPV podem ser antecipados!

Introdução

Certamente, as siglas são variadas e os termos por vezes, são complexos para quem não está familiarizado.

Nesse sentido,  elaboramos um conteúdo para que você fique por dentro.

Além disso, vamos conhecer melhor as siglas RPVRPVS, Requisição de Pequeno Valor e Crédito Judicial, te ajudando a entender seus significados e diferenças.

1. RPV e RPVS:

  • RPV: significa “Requisição de Pequeno Valor”. É um título que garante o pagamento de quantias devidas pela Fazenda Pública (União, Estados, Municípios e Distrito Federal) em processos judiciais.

  • RPVS: significa “Requisições de Pequeno Valor“. É o plural de RPV, usado quando se refere a mais de uma requisição.
RPV, RPVS, Requisição de Pequeno Valor e Crédito Judicial!

2. Requisição de Pequeno Valor: 

É um instrumento legal que viabiliza o pagamento de valores de até 60 salários mínimos (em 2023) devidos pela Fazenda Pública em processos transitados em julgado (com decisão final).

A RPV oferece algumas vantagens:

  • Agilidade: o pagamento é para ser feito em até 60 dias, enquanto os precatórios (para valores acima de 60 salários mínimos) levam anos para serem pagos.
  • Prioridade: Além dissoas RPVs têm preferência sobre outras formas de pagamento da Fazenda Pública, bem como precatórios.
  • Menos burocracia: Contudo, o processo de expedição da RPV é mais simples que o de precatório.

3. Crédito Judicial:

É o direito que o credor tem de receber uma quantia devida pela Fazenda Pública em decorrência de uma decisão judicial. O crédito judicial pode ser:

  • De pequeno valor: quando o valor devido é inferior a 60 salários mínimos, nesse sentido, o credor recebe por meio de RPV.
  • De grande valor: quando o valor devido é superior a 60 salários mínimos, nesse caso, o credor recebe por meio de precatório.

Resumindo:

  • RPV e RPVS são siglas para “Requisição de Pequeno Valor”.
  • A RPV é um título que garante o pagamento de valores de até 60 salários mínimos devidos pela Fazenda Pública.
  • O crédito judicial é o direito que o credor tem de receber uma quantia devida pela Fazenda Pública.

     

Por fim, para mais informações sobre RPVs e créditos judiciais, consulte o site do Tribunal de Justiça do seu estado.

Saiba como consultar sua RPV pelo CPF – Clique Aqui 

RPV, RPVS, Requisição de Pequeno Valor e Crédito Judicial!

O que RPV, RPVS, Requisição de Pequeno Valor e Crédito Judicial têm em comum:

 

Natureza:

Acimda de tudo, as siglas se referem a instrumentos jurídicos que garantem o pagamento de quantias devidas pela Fazenda Pública em decorrência de decisões judiciais.

Objeto:

O objeto das RPVs, RPVS e créditos judiciais são dívidas de natureza pública, ou seja, valores que a União, Estados, Municípios e Distrito Federal devem assim a seus credores.

Finalidade:

A finalidade de todos os instrumentos é viabilizar o pagamento das dívidas da Fazenda Pública aos seus credores, assegurando bem com o acesso à justiça e a efetividade das decisões judiciais.

Processo:

Embora existam diferenças nos procedimentos de cada instrumento, sobretudo,  passam por trâmites parecidos no âmbito do Poder Judiciário, bem como: prazos e regras. 

Beneficiários:

Os beneficiários das RPVs, e créditos judiciais são os credores da Fazenda Pública, que podem ser pessoas físicas ou jurídicas, que obtiveram decisões judiciais favoráveis em processos contra o ente público.

Em resumo:

  • Natureza: instrumentos jurídicos que garantem o pagamento de dívidas da Fazenda Pública.
  • Objeto: dívidas de natureza pública.
  • Finalidade: viabilizar o pagamento das dívidas da Fazenda Pública.
  • Processo: trâmites específicos no âmbito do Poder Judiciário.
  • Beneficiários: credores da Fazenda Pública.

Os valores de RPV podem ser antecipados

Se você possui um crédito nessa modalidade e está aguardando decisão judicial, é possível realizar a antecipação imediatamentepara então,  receber o montante de forma mais rápida e prática.

Veja agora como realizar esse procedimento e garantir a agilidade no recebimento dos seus recursos. – Saiba mais 

Fale com a equipe do LCbank! 

RPV, RPVS, Requisição de Pequeno Valor e Crédito Judicial!
Cássia Dantas

Cássia Dantas

Redatora

Consulte o andamento do seu processo e o valor da sua RPV
É muito fácil antecipar sua RPV. Preencha o formulário e um de nossos atendentes vai entrar em contato com você.
O seu CPF nos ajuda a localizar e analisar, em poucos minutos, sua RPV.

Menu

Entre em contato Agora:

Acompanhe nossas Redes:

Canal de Relacionamento:

(61) 9426-6387(9h às 19h de segunda a sexta, exceto domingos e feriados)

SAC: 

(61) 99263-6799(9h às 19h de segunda a sexta, exceto domingos e feriados)

Setor Bancário Sul – Quadra 2 Bloco S  Cobertura do Ed. Empire Center 
CEP 70070-904 Brasília/DF

Aviso Legal: O LCbank atua exclusivamente na compra e intermediação de Precatórios, RPVs, direitos creditórios e ativos judiciais. Não somos e nem atuamos como instituição financeira. LCbank – CNPJ 43.945.933/0001-64