Entendendo o que é RPV: Como receber seu pagamento de forma rápida e eficiente!

Descubra o que é RPV e como te ajuda a receber seu pagamento de forma rápida e eficiente, direto da fonte! Saiba mais sobre prazos, valores, diferenças, vantagens e desvantagens, e como acompanhar o andamento do seu processo.

Entendendo o que é RPV: Como receber seu pagamento de forma rápida e eficiente!

Introdução

A Requisição de Pequeno Valor (RPV) é uma ferramenta fundamental para garantir o recebimento ágil de pagamentos a que você tem direito. 

Neste texto, exploraremos detalhadamente como a RPV pode ser uma aliada eficaz no processo de obtenção de valores de forma direta e sem complicações.

Discutiremos os prazos envolvidos, os valores aplicáveis, as distinções entre RPV e Precatório, além das vantagens e desvantagens dessa modalidade. 

Também abordaremos estratégias para acompanhar de perto o andamento do seu processo, garantindo assim uma experiência mais transparente e satisfatória. 

Vamos mergulhar nesse universo para tornar mais acessível e compreensível a importância e o funcionamento da RPV

O que são Precatório e RPV?

Precatório e RPV (Requisição de Pequeno Valor) são formas de pagar valores de processos judiciais, especialmente no âmbito da Previdência Social. 

Utilizam-se esses mecanismos quando um beneficiário obtém uma vitória em uma ação judicial e tem direito a receber valores atrasados.

O que é RPV?

A Requisição de Pequeno Valor (RPV) é a forma pela qual os entes federativos, como municípios, estados, a União e suas autarquias ou empresas públicas, quitam suas dívidas judiciais. 

Trata-se de um mecanismo estabelecido pela Constituição Federal para o pagamento de valores considerados de “pequeno valor”.

O que é precatório?

O precatório é um documento expedido pelo Poder Judiciário que determina o pagamento de uma dívida da Fazenda Pública (federal, estadual ou municipal) a um credor. 

Faz-se esse pagamento de acordo com a ordem cronológica de apresentação dos precatórios, o que deveria levar até 2 anos para ser concretizado.

Quem tem direito a receber?

Para ter direito a receber uma RPV, é necessário que você tenha ajuizado uma ação judicial, seja individual ou coletiva, contra um ente da Federação, como um município, estado, União, autarquia ou empresa pública, e tenha obtido uma decisão judicial favorável.

Entendendo o que é RPV: Como receber seu pagamento de forma rápida e eficiente!

Valores máximos 

A Constituição Federal estabelece os parâmetros gerais para os valores máximos da RPV. 

Para a União, o valor máximo é de 60 salários mínimos vigentes no ano em que ocorrer o pagamento. 

Já para os estados, o valor máximo é de 40 salários mínimos, e para os municípios, 30 salários mínimos.

É importante ressaltar que cada estado e município pode fixar, por meio de lei, um valor diferente para suas RPVs, desde que não seja inferior aos estabelecidos pela Constituição Federal.

Diferenças entre RPV e Precatório

Existem duas principais diferenças entre a RPV e o precatório:

  1. Valor: A RPV possui um valor máximo estabelecido em lei, enquanto o precatório utiliza-se para valores que excedem esse limite.
  2. Prazo de Pagamento: Na teoria, paga-se a RPV em até 60 dias corridos, enquanto o precatório possui um prazo de pagamento mais longo e complexo.

Dessa forma, a principal diferença entre precatório e RPV está no valor.

No regime geral da Previdência Social (RGPS/INSS), por exemplo, se o valor for superior a 60 salários mínimos, o pagamento será por meio de precatório. 

Já se o valor for inferior a 60 salários mínimos, o pagamento será por meio de RPV.

Entendendo o que é RPV: Como receber seu pagamento de forma rápida e eficiente!

Vantagens e desvantagens de cada modalidade

Precatório

Uma das principais vantagens do precatório é que ele permite o recebimento de valores mais altos, podendo chegar a centenas de milhares de reais. 

No entanto, o processo de pagamento pode demorar, podendo levar anos para  concretizar.

RPV

A principal vantagem da RPV é o prazo de pagamento, que é muito mais curto, geralmente em até 60 dias. 

Isso significa que o beneficiário pode receber o valor devido de forma mais rápida. 

Porém, o valor máximo é de 60 salários mínimos, o que pode ser uma desvantagem em alguns casos.

Como funciona o pagamento?

O processo de pagamento da RPV segue os seguintes passos:

  1. Homologação dos cálculos: Após o trânsito em julgado da decisão judicial, o juiz homologa os cálculos do valor.

  2. Expedição do ofício requisitório: O juiz determina que a secretaria do tribunal expeda um ofício requisitório de pagamento ao ente público responsável.

  3. Prazo de 60 Dias para Pagamento: A partir da expedição do ofício e da intimação do ente público, este possui 60 dias corridos para efetuar o pagamento da RPV.

  4. Liberação do Valor: O valor será liberado e o beneficiário comparecerá pessoalmente ao banco para receber o valor.

Quando optar por receber por meio de RPV?

Dependendo do valor a ser recebido, pode ser vantajoso abrir mão de receber por meio de precatório e optar pela RPV. 

Por exemplo, se o valor do precatório for de R$ 86.000 e o limite da RPV for de R$ 84.720,00 (60 salários mínimos), pode ser interessante receber por meio da RPV, pois o beneficiário receberá praticamente o mesmo valor, porém em um prazo muito mais curto (60 dias).

No entanto, essa decisão deve ser tomada com cautela e em conjunto com o seu advogado. 

Caso o valor a ser recebido seja muito superior a 60 salários mínimos, pode não ser vantajoso abrir mão de receber o precatório, mesmo que o pagamento demore mais.

Entendendo o que é RPV: Como receber seu pagamento de forma rápida e eficiente!

Acompanhamento do pagamento

É importante ficar atento ao andamento do processo e ao cumprimento do prazo de 60 dias para o pagamento da RPV. 

Você pode acompanhar a ordem cronológica de pagamento no site do tribunal competente, seja federal ou estadual.

Conclusão

Em resumo, a RPV é um mecanismo importante para o pagamento rápido e eficiente de dívidas judiciais de pequeno valor. 

Entender seus conceitos, prazos e procedimentos é essencial para garantir que você receba seu devido valor de forma ágil e sem maiores complicações.

Se você ainda tiver dúvidas ou precisar de mais informações, não hesite em nos contactar. 

Estaremos à sua disposição para esclarecer quaisquer questões relacionadas as suas requisições.

Acesse nosso blog para saber mais.

Ana Paula Matias

Ana Paula Matias

Redatora

Consulte o andamento do seu processo e o valor da sua RPV
É muito fácil antecipar sua RPV. Preencha o formulário e um de nossos atendentes vai entrar em contato com você.
O seu CPF nos ajuda a localizar e analisar, em poucos minutos, sua RPV.

Menu

Entre em contato Agora:

Acompanhe nossas Redes:

Canal de Relacionamento:

(61) 9426-6387(9h às 19h de segunda a sexta, exceto domingos e feriados)

SAC: 

(61) 99263-6799(9h às 19h de segunda a sexta, exceto domingos e feriados)

Setor Bancário Sul – Quadra 2 Bloco S  Cobertura do Ed. Empire Center 
CEP 70070-904 Brasília/DF

Aviso Legal: O LCbank atua exclusivamente na compra e intermediação de Precatórios, RPVs, direitos creditórios e ativos judiciais. Não somos e nem atuamos como instituição financeira. LCbank – CNPJ 43.945.933/0001-64