Mudanças importantes na consulta de RPV TRF2

Confira as mudanças nas consultas de RPV TRF2 a partir de junho de 2024, com novas medidas de segurança para proteger dados processuais e combater fraudes.

Mudanças importantes na consulta de RPV TRF 2

O que é a RPV TRF2?

Primeiramente, precisamos entender o que é a RPV TRF 2, não é mesmo? 

A saber, as Requisições de Pequeno Valor (RPVs) são ordens de pagamento emitidas pela Justiça para quitar débitos judiciais da União, autarquias e fundações públicas federais, cujo valor não ultrapassa um determinado limite estabelecido em lei. 

Define-se esse limite com base no valor do salário mínimo vigente, e varia conforme a legislação local e o ente federativo envolvido.

No âmbito do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF 2), que abrange os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, as RPVs utilizam-se para pagamentos de valores devidos em processos judiciais, tais como indenizações, restituições e outros direitos reconhecidos judicialmente.

Características da RPV 

As principais características das RPVs incluem:

  1. Valor Máximo: As RPVs destinam-se a débitos de pequeno valor, com um teto que, atualmente, é de até 60 salários mínimos para a União.
    Este limite pode ser diferente em casos de estados e municípios, conforme legislações específicas.
  2. Rapidez no Pagamento: Diferentemente dos precatórios, que são ordens de pagamento para valores mais elevados e seguem uma fila cronológica de pagamentos, pagam-se as RPVs mais rapidamente. Após a expedição, o pagamento deve ser realizado em até 60 dias.
  3. Procedimento: Quando uma sentença judicial transitada em julgado determina o pagamento de um valor devido pelo ente público e este valor se enquadra no limite das RPVs, o juiz expede a requisição para pagamento. O TRF 2 então organiza o pagamento conforme a disponibilidade orçamentária.
  4. Finalidade: As RPVs têm o objetivo de garantir que os credores recebam suas quantias devidas de forma mais célere e eficiente, especialmente em casos onde os valores são menores e de grande importância para os beneficiários.

Essas características fazem das RPVs uma ferramenta importante para a celeridade e eficiência no cumprimento de decisões judiciais envolvendo a Administração Pública.

Mudanças importantes na consulta de RPV TRF 2

Mudanças importantes nas consultas de Precatório e RPV TRF2 a partir de Junho de 2024 

O Tribunal Federal Regional (TRF) anunciou mudanças significativas no processo de consulta dos processos de Requisições de Pequeno Valor (RPV) e Precatórios a partir de junho de 2024. 

A Divisão de Precatórios do TRF2 informou que, conforme requerimento realizado pela Ordem dos Advogados do Brasil (Seção do Estado do Rio de Janeiro), e autorização da Presidência do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), os processos de precatórios e de Requisições de Pequeno Valor (RPVs) da Justiça Federal da 2ª Região passam a tramitar em sigilo. 

Essas alterações visam aumentar a segurança das informações processuais e proteger dados processuais sensíveis dos processos 

Alterações 

As novas implementações no sistema alteram o acesso e a visibilidade de informações em relação aos processos e dados de precatórios e RPVs.

Dessa forma, visando à proteção de dados e segurança da informação serão alterados o acesso e a visibilidade de informações nos processos relacionados a precatórios e requisições de pequeno valor no âmbito do Tribunal Regional da 2ª Região da seguinte maneira:

  1. Apenas advogados e procuradores vinculados aos processos de RPVs e precatórios terão acesso aos dados de pagamentos;
  2. Documentos que detalham os cálculos dos processos originários também serão restritos aos advogados e procuradores associados aos respectivos autos;
  3. Números de processos relacionados a precatórios e RPVs não serão mais visíveis para advogados e procuradores que não estejam formalmente associados aos autos;
  4. A opção de acesso à íntegra, para advogados e procuradores não associados aos autos, estará indisponível nos processos de precatórios e RPVs.
Mudanças importantes na consulta de RPV TRF 2

Dúvidas 

O Tribunal da 2ª Região informa ainda que as possíveis dúvidas poderão ser esclarecidas pela Divisão de Precatórios do TRF2 através dos telefones (21) 2282-8316 ou (21) 2282-8862.

Considerações sobre golpes

Como dissemos, criaram-se essas medidas visando ampliar a segurança, visto que quando envolve dinheiro é “comum” acontecer muitos golpes e fraudes e atualmente isso tem acontecido de forma exponencial no mundo das RPVs e dos precatórios.

Aqui estão alguns dos principais tipos de golpes que ocorrem nesse contexto:

Principais Tipos de Golpes

  1. Golpes de Adiantamento de Pagamento:
    • Como Funciona: Golpistas entram em contato com credores de precatórios ou RPVs e se passam por advogados, funcionários do tribunal ou representantes de escritórios de advocacia. Eles oferecem acelerar o processo de pagamento mediante o pagamento de uma taxa antecipada.
    • Consequências: Após o pagamento da taxa, os golpistas desaparecem, e o credor não vê nenhum progresso real em seu processo.

       

  2. Golpes de Atualização de Cadastro:
    • Como Funciona: Criminosos entram em contato com credores, alegando que é necessário atualizar o cadastro ou fornecer dados bancários para a liberação do pagamento. Muitas vezes, eles solicitam informações pessoais e bancárias.
    • Consequências: Com os dados fornecidos, os golpistas podem cometer fraudes bancárias, saques não autorizados e outras atividades ilegais.

       

  3. Falsos Escritórios de Advocacia:
    • Como Funciona: Golpistas montam falsos escritórios de advocacia que oferecem serviços de cobrança de precatórios ou RPVs. Eles cobram honorários iniciais ou taxas de serviço, prometendo resolver o caso rapidamente.
    • Consequências: Após receberem o dinheiro, esses falsos escritórios desaparecem, deixando o credor sem assistência legal e sem o dinheiro investido.

       

  4. Fraudes em Escrituras de Cessão de Direitos:
    • Como Funciona: Alguns golpistas oferecem a compra de precatórios a preços vantajosos, emitindo falsos documentos de cessão de direitos. Eles pagam apenas uma pequena entrada e somem com o documento que transferiria o direito ao crédito.
    • Consequências: O credor perde o direito ao precatório, além do valor recebido ser irrisório comparado ao valor total do precatório.

Como se Proteger 

  1. Verificar a Identidade:
    • Sempre confirme a identidade de quem está entrando em contato, especialmente se for uma pessoa que você não conhece. Entre em contato diretamente com o tribunal ou o escritório de advocacia para verificar a veracidade das informações.
  2. Desconfiar de Pagamentos Antecipados:
    • Desconfie de qualquer solicitação de pagamento antecipado para liberar valores de precatórios ou RPVs. Tribunais e advogados legítimos não exigem pagamentos antecipados para agilizar processos.
  3. Proteger Informações Pessoais:
    • Nunca forneça informações pessoais, dados bancários ou outros detalhes sensíveis por telefone ou e-mail sem confirmar a autenticidade da solicitação.
  4. Consultar Fontes Confiáveis:
    • Utilize apenas fontes oficiais e confiáveis para obter informações sobre o status de seu precatório ou RPV. Websites oficiais dos tribunais e órgãos públicos são as melhores fontes.
  5. Relatar Suspeitas:
    • Se você suspeitar que está sendo alvo de um golpe, informe imediatamente as autoridades competentes e o tribunal responsável pelo seu processo.

Ficar atento a esses tipos de golpes e tomar precauções pode ajudar a proteger seus direitos e evitar perdas financeiras significativas.

Mudanças importantes na consulta de RPV TRF 2

Conclusão 

Em resumo, as recentes mudanças implementadas pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) nas consultas de Requisições de Pequeno Valor (RPVs) e Precatórios visam reforçar a segurança e a proteção de dados dos processos. 

Essas alterações, que restringem o acesso e a visibilidade de informações sensíveis, são uma resposta necessária aos crescentes casos de golpes e fraudes nesse âmbito. 

Com as novas medidas, espera-se garantir maior segurança para os credores e fortalecer a confiança no sistema judiciário. 

Dessa forma, a proteção das informações processuais é importante para assegurar que preservem-se os direitos dos beneficiários e que os processos ocorram de maneira transparente e segura.

Para saber mais sobre esse e outros assuntos, acompanhe nosso blog.

Fonte: https://www10.trf2.jus.br/portal/mudanca-nas-consultas-precatorios-e-requisicoes-de-pequeno-valor-rpv/

Ana Paula Matias

Ana Paula Matias

Redatora

Consulte o andamento do seu processo e o valor da sua RPV
É muito fácil antecipar sua RPV. Preencha o formulário e um de nossos atendentes vai entrar em contato com você.
O seu CPF nos ajuda a localizar e analisar, em poucos minutos, sua RPV.

Menu

Entre em contato Agora:

Acompanhe nossas Redes:

Canal de Relacionamento:

(61) 9426-6387(9h às 19h de segunda a sexta, exceto domingos e feriados)

SAC: 

(61) 99263-6799(9h às 19h de segunda a sexta, exceto domingos e feriados)

Setor Bancário Sul – Quadra 2 Bloco S  Cobertura do Ed. Empire Center 
CEP 70070-904 Brasília/DF

Aviso Legal: O LCbank atua exclusivamente na compra e intermediação de Precatórios, RPVs, direitos creditórios e ativos judiciais. Não somos e nem atuamos como instituição financeira. LCbank – CNPJ 43.945.933/0001-64

Abrir WhatsApp
1
Receba já o seu dinheiro
Quer antecipar sua RPV, Processo contra o INSS, Precatório do INSS (Federal)? O LCB vai te ajudar agora!